Confira como foi a noite do “Oscar” da soja

Produtores do cerrado piauiense esperam safra recorde de grãos
27 de março de 2017
Trator autônomo da CASE IH será apresentado pela primeira vez na America latina
3 de abril de 2017

Evento em Brasília reuniu diversas autoridades, representantes de entidades e produtores rurais, marcando o encerramento da safra de soja 2016/2017

“É o Oscar da soja!” A maneira como o produtor Roberto Brucceli qualificou o evento resume bem como foi o encerramento da temporada 2016/2017 do Projeto Soja Brasil, nesta quarta-feira, dia 29. Pela primeira vez, o palco escolhido para a festa foi a capital Brasília, um símbolo da importância estratégica e política que o grão atingiu na economia nacional.

Nesta 5ª temporada, o Projeto Soja Brasil percorreu mais de 50 mil quilômetros, visitou pelo menos 70 cidades em 13 estados e conversou com mais de 100 produtores, engenheiros agrônomos, sindicatos rurais e líderes do setor. O resultado foi o reconhecimento dos produtores em relação à importância das informações, palestras e análises recebidas durante toda a temporada.

Marcado pela presença de parlamentares engajados com as causas do setor agrícola, outra novidade do projeto foi a entrega de uma Comenda da Soja a dois importantes membros dos poderes legislativo e executivo. Uma iniciativa da Aprosoja Brasil, em parceria com a Associação Brasileira dos Produtores de Sementes de Soja (Abrass). A primeira condecoração foi dada ao Ministro da Agricultura Blairo Maggi, justamente pelo seu esforço em desburocratizar processos importantes para o avanço do setor. “O governo está e sempre estará atento as necessidades vindas do campo, afinal este é o ouro brasileiro”, diz o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, representando o ministro.

_MG_0737

Ao centro o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller recebe a Comenda da Soja

Já a Comenda destinada a um membro atuante no setor agropecuário do poder executivo foi dada ao deputado federal Marcos Montes, pela sua atuação como presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). “Nossos esforços são para que não só uma safra seja boa e rentável para os produtores, mas boa parte delas. Agradecemos o apoio do Canal Rural nesta missão de levar informação para quem mais precisa”, conta Montes.

O deputado Marcos Montes (centro) recebeu a Comenda da Soja pelos trabalhos desenvolvidos a frente da FPA

O evento também trouxe uma análise completa sobre a safra 2016/2017 de soja, que chegou ao fim. Segundo destacou o repórter oficial do Projeto Soja Brasil, Sebastião Garcia, o clima colaborou muito com a maioria das regiões do país. Com isso, o produtor viu a possibilidade de colocar em prática tudo o que sabe e dispõe de tecnologia. O resultado? Produtividades incríveis. “Essa união entre clima bom e sojicultores bem informados contribuiu muito para esta safra recorde. Os produtores conseguiram aplicar tudo que sabiam para vencer os mesmos problemas de todos os anos, pragas, logística, rentabilidade etc.”, comentou Garcia.

_MG_0701

Na sequência, o presidente do Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb), Neri Ribas, falou sobre a expectativa de que este ano o país consiga superar o recorde registrado no Desafio da Alta Produtividade, de 142 sacas por hectare. “Nossa meta sempre foi melhorar a cada ano. Na temporada 2016/2017 o clima colaborou, os produtores replicaram todo seu conhecimento técnico e acredito que conseguiremos superar este recorde. Tivemos mais de 5.000 inscritos nesse concurso, mostrando que todos querem melhorar”, afirmou Ribas.

Durante o evento a diretora-executiva do CIB, Adriana Brondani, comentou sobre uma pesquisa recente realizada com produtores de todo o país. Nela  38% dos entrevistados afirmou fazer a rotação de tecnologias, 43% adotam o refúgio e 66% fazem a rotação de culturas. Para ela este resultado demonstra que é preciso promover ainda mais boas práticas agrícolas no campo. “É fundamental que o produtor perceba que a adoção de qualquer tecnologia no campo exige medidas para aumentar a longevidade dos produtos”, conta a executiva.

729A1587pq

Todos os premiados (da esq. para a dir).: Leones, Almeida, Rogério Vian, Marcos Montes, Neri Geller e Sidney Fijivara

Por fim, foram premiados os personagens Soja Brasil desta temporada. “Valorizar produtores e profissionais que fazem da soja o principal produto do agronegócio brasileiro. Este é o objetivo do concurso cultural Personagem Soja Brasil”, afirma o presidente do Canal Rural Donário.Lopes de Almeida. Nesta 3ª edição, oito participantes tiveram suas histórias contadas para toda a comunidade agropecuária do país e receberam o maior volume de votação da história da disputa, mais de 10 mil votos.

_MG_0717

O produtor Sidney Fujivara recebe o prêmio de Personagem Soja Brasil das mãos do presidente do Canal Rural Donário.Lopes de Almeida

O vencedor na categoria Votação Popular foi o produtor rural Sidney Fujivara, do município de Capão Bonito, em São Paulo. Ele recebeu 3.643 votos do público, 34,5% de todos os votos. Seu nome foi indicado pelo Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). “Fico orgulhoso de perceber que o trabalho que tanto me dediquei e amo, trouxe este reconhecimento. Continuarei me dedicando a esta gestão de pessoas, pois isso traz resultados incríveis a produção ”, diz Fujivara.

------WebKitFormBoendarytFSVsB7w6AZ7O5Ba Content-Disposition: form-data; name="betheme[header-style]" stack,center